Setor de eventos, uma só voz
“Um em cada quatro brasileiros trabalha direta ou indiretamente no mercado de eventos”, argumenta Fábio Skraba (Foto Divulgação)

Setor de eventos, uma só voz

As diretorias da secional paranaense da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc-PR) e dos convention & visitors bureaux de Maringá, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina, Ponta Grossa, Cascavel e Umuarama – representando empresas organizadoras e produtos e serviços para eventos de todo o estado – adotaram posicionamento conjunto em relação ao cenário econômico resultante da chegada do coronavírus. Nesse setor da indústria do turismo, particularmente, a paralisação das atividades é devastadora.

Conforme informa Fábio Skraba, presidente da Abeoc-PR, a posição oficial do segmento foi expresso em um comunicado oficial de três páginas. “Nesse documento, contextualizamos nosso setor em relação às medidas implantadas pela área governamental, traduzimos em números a força da agenda nacional de eventos e elencamos pleitos para apoiar o empresariado desse nicho do mercado e para o momento de volta à normalidade”, resume o dirigente.

Um dos pontos basilares do comunicado conjunto é a criação e implementação do Fundo Paranaense de Turismo – Funtur. Esse fundo, “servirá como alavanca para a captação, promoção de eventos e projetos turísticos do estado, sendo a administração do fundo sob responsabilidade da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, com o apoio do Cepatur e da Paraná Turismo”, detalha o documento.

Para ler na integra a carta firmada pela Abeoc-PR e pelos bureaux paranaenses clique aqui.

 

Fonte: Panorama do Turismo

Mais notícias em: ABEOC PARANÁ

Fechar Menu