PAS UEM lota rede hoteleira de Maringá
PAS UEM lota rede hoteleira de Maringá

PAS UEM lota rede hoteleira de Maringá

Quase 30 mil alunos do ensino médio farão as provas do PAS (Processo de Avaliação Seriada) da UEM (Universidade Estadual de Maringá) neste domingo (24), em Maringá. Estudantes de todas as regiões do país se inscreveram para o processo, o que implica em aumento na taxa de ocupação dos hotéis da cidade. Muitos participantes chegam em Maringá no sábado ou até mesmo na sexta-feira para se concentrarem e descansarem para realização da prova no domingo.

Pelo histórico, todos os anos a rede hoteleira de Maringá fica lotada em função do PAS e outros vestibulares da instituição. É o que reforça o gerente do Hotel Golden Ingá e vice-presidente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau para assuntos de Empreendedorismo e Captação de Recursos, Cláudio Crepaldi. “Todos os anos a taxa de ocupação do hotel é de 100% em função do PAS. Alguns grupos do interior de São Paulo sempre se hospedam no Golden”, afirmou.

A gerente-geral do Hotel Ibis Maringá e vice-presidente do Convention para assuntos de Mídias Digitais, Fernanda Caride, destaca que eventos grandes na cidade, como os vestibulares e o PAS impactam positivamente na hotelaria. “Conversamos com colegas hoteleiros e todos têm essa mesma perspectiva de ocupação de 100%. Nós mesmos já não temos mais apartamentos para locar”, disse.

No Hotel Metrópole Maringá, o gerente comercial William Golfieri afirmou que a ocupação está alta para este fim de semana em função de outros eventos além do PAS. “Estamos atendendo estudantes que farão o PAS, mas temos outros eventos também. No entanto, se tivéssemos mais quartos disponíveis, seria para o PAS, pois a procura está grande”, destacou.

“PAS vai dar movimento. Estamos tendo boa procura e a previsão é lotar o hotel”, afirmou o sócio-gerente do Hotel Avalon, Erasmo Ramos.

Trade turístico

Além da hotelaria, demais segmentos do trade turístico serão impactados com o PAS UEM. Estabelecimentos aguardam os estudantes que vêm de outras cidades e consomem com alimentação ou compras em lojas, injetando dinheiro novo na cidade. Além dos bares, shoppings e transporte que também serão impactados.

“Eventos que atraem visitantes movimentam o trade turístico e aquecem a economia local. O PAS UEM tem um público que consome, seja um lanche ou um transporte por aplicativo, até mesmo aqueles que moram em Maringá”, afirmou a superintendente executiva do Convention Bureau, Yara Linschoten.

MRCVB

Maringá e Região Convention & Visitors Bureau é uma entidade sem fins lucrativos que trabalha, há 16 anos, para fomentar o turismo de eventos e negócios. Com o objetivo de aquecer a economia e gerar negócios para as mais de 130 empresas ligadas ao trade turístico filiadas, o Convention desenvolve ações que beneficiem os mantenedores como Rodadas e Negócios e apoio na captação de eventos.

 

Foto: Divulgação/UEM

Fonte: http://www.maringacvb.com.br/

Mais Notícias em: https://abeocpr.com.br/noticias/

Fechar Menu