Conselho Nacional de Turismo terá três Câmaras Temáticas para debater assuntos estratégicos do setor
Conselho Nacional de Turismo apoia Embratur renovada

Conselho Nacional de Turismo terá três Câmaras Temáticas para debater assuntos estratégicos do setor

[Por MTur, 15/08/17] A 49ª reunião do Conselho Nacional de Turismo realizada nesta terça-feira (15), em Brasília, reuniu as principais lideranças do setor. Na pauta, os avanços conquistados com a reforma trabalhista, em especial o trabalho intermitente; a regulamentação da lei da gorjeta; o andamento das medidas do Plano “Brasil + Turismo” e outros informes importantes, como as ações de qualificação, fiscalização e eventos. A novidade do encontro ficou por conta da instalação de três câmaras temáticas para discussão da Política Nacional de Qualificação Profissional, do Plano Nacional de Turismo e do Turismo Responsável.

Durante a abertura, o ministro Marx Beltrão deu um panorama das medidas do Brasil + Turismo, com destaque para as pautas em tramitação no Congresso Nacional. “A modernização da Lei Geral do Turismo, a transformação da Embratur em serviço social autônomo e a abertura de 100% de capital estrangeiros das companhias aéreas são extremamente importantes e precisam ser aprovadas o mais rápido possível. Estamos fazendo um trabalho de sensibilização dos parlamentares para que entendam a importância desses pleitos e conto com o apoio de vocês nesse processo”, afirmou Marx Beltrão. Saiba mais sobre o andamento das medidas do Brasil + Turismo aqui.

Os conselheiros Guilherme Paulus (indicado pela Presidência da República), Alain Baldacci (Sindepat), Alexandre Sampaio (FBHA), Márcio Santiago (CV&B), Paulo Solmucci (Abrasel) e Dilson Jatahy (ABIH) elogiaram a atuação do ministro e as ações em andamento pelo Ministério do Turismo.

Manuel Gama, presidente do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), reforçou a necessidade de regulamentação das plataformas de economia compartilhada, como o Airbnb. O ministro reforçou que algumas demandas que não foram atendidas dentro da modernização da Lei Geral estão sendo tratada individualmente.

Outros temas abordados pelos conselheiros foram a necessidade de revisão da Lei Brasileira de Inclusão; o reforço do programa de regionalização do turismo; a qualificação profissional; o apoio às demandas dos turismólogos; a necessidade de ampliação da fiscalização dos serviços turísticos; e a ampliação da promoção.

SOBRE AS CÂMARAS TEMÁTICAS – Inicialmente serão instaladas duas câmaras temáticas: a do Plano Nacional de Turismo e de Turismo Responsável, além da reativação da Câmara de Qualificação Profissional. Durante a reunião do CNT foram escolhidos, por votação, os coordenadores gerais de cada câmara.

Pela definição dos conselheiros, a Câmara do PNT será liderada pela Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA); a de turismo responsável pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC); e a de Qualificação, pelo SENAC.

Cada câmara contará com 15 membros que terão até sexta-feira (18) para se inscreverem junto ao Ministério do Turismo. Os primeiros resultados dos trabalhos realizados pelos três grupos deverão ser apresentados durante a próxima reunião do Conselho, prevista para ser realizada em outubro deste ano.

Fonte:http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/8068-conselho-nacional-de-turismo-ter%C3%A1-tr%C3%AAs-c%C3%A2maras-tem%C3%A1ticas-para-debater-temas-estrat%C3%A9gicos-do-setor.html

Mais Notícias em: https://abeocpr.com.br/noticias/

Deixe uma resposta

Fechar Menu