Pesquisas do setor

II Dimensionamento Econômico da Indústria de Eventos no Brasil – 2013

O Dimensionamento teve como objetivo quantificar a participação da indústria de eventos no PIB do Brasil, avaliar a sua contribuição no processo de geração de emprego, renda e impostos, além de inventariar os espaços de eventos no País, suas características, localização e dinâmica de funcionamento. A pesquisa foi uma iniciativa da Associação Brasileira de Empresas de Eventos – ABEOC Brasil e do Sebrae Nacional, através do Programa de Qualidade ABEOC Brasil, com apoio da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e ForEventos (Fórum do Setor de Eventos).

Acesse aqui – II Dimencionamento Econômico da Indústria de Eventos no Brasil

Paraná Turístico 2026

Oriundo da necessidade de atualização do Plano de Turismo do Estado do Paraná 2012-2015, surgiu da criação no âmbito do CEPATUR – Conselho Paranaense de Turismo, do Grupo de Estudos Pró-Planejamento Decenal do Turismo do Paraná, coordenado por uma Comissão Técnica dele proveniente, responsável por definir a metodologia, os recursos, parceiros e ações para sua elaboração. Como produto de um processo de construção conjunta e pactuada entre o poder público, iniciativa privada e a sociedade civil do Estado e das regiões turísticas, esse documento segue a Política de Turismo do Paraná (Lei nº 15.973/2008), se constituindo em um instrumento estratégico participativo direcionador de esforços em longo prazo, com uma visão de futuro desafiadora, objetivos, estratégias, macroprogramas e metas a serem atingidos, a partir de uma gestão voltada para promover uma mudança no turismo paranaense, no horizonte temporal de 2016 a 2026, que zele pela sua aplicação prática baseada nos princípios da sustentabilidade, no alinhamento institucional, em orçamentos adequados, em comunicação interna e externa eficazes, e, sobretudo no uso racional do nosso patrimônio, estabelecendo um verdadeiro Pacto para construir um destino turístico inteligente.

Paraná Turístico 2026 – Pacto para um destino inteligente

Indicadores Econômicos do Agenciamento Turístico Nacional – 2016

Para 79,6% das empresas de agenciamento turístico do Brasil, o volume de vendas voltará a crescer dentro de um período de até um ano. É o que aponta o estudo Indicadores Econômicos do Agenciamento Turístico Nacional 2016, realizado pelo Instituto de Pesquisas, Estudos e Capacitação em Turismo (Ipeturis), a pedido do Sindicato das Empresas de Turismo.

A maioria das agências de viagens, formada por 44,1% das empresas consultadas, indicou o período de até um ano para a retomada das vendas em crescimento, sendo que para 26,9% delas as vendas retornam em no máximo seis meses. A pesquisa ponta que as expectativas são positivas para as vendas do 3º trimestre de 2016, segundo 64,9% dos entrevistados.

Indicadores Econômicos do Agenciamento Turístico Nacional – 2016

Dados Gerais do Turismo no Paraná 

Estudo realizado entre 2006 e 2011, pela Secretaria de Turismo do Paraná.

Atrativos Turísticos do Paraná

Estudo realizado entre 2009 e 2013, pela Secretaria de Turismo do Paraná.

Meios de Hospedagem no Paraná

Estudo realizado entre 2009 e 2012, pela Secretaria de Turismo do Paraná

happy wheels
supertotobet Sportotobet tipobet izmir psikolog online poker oyna rulet siteleri izmirde psikolog